Análise FC

Bagunça fora de campo decide mais um campeonato

Depois do Fluminense ter escapado, mais uma vez, de disputar a série B apos ter sido rebaixado em campo, surge mais uma polêmica no STJD para tirar o brilho de outro campeonato já encerrado. Com a alegação de que 4 jogadores do Brasília teriam disputado a final da Copa Verde, em Abril, o tribunal, por unanimidade, condenou o clube do Distrito Federal à exclusão do torneio, dando o título da competição, e a consequente vaga na Copa Sulamericana ao vice Paysandu.

Segundo o regulamento da competição, os jogadores devem ter o nome registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até o último dia útil que antecede a partida. O Paysandu afirma que os 4 atletas em questão não constavam no BID na ocasião da partida (por estarem, teoricamente, sem contrato). O Brasíila, por sua vez, afirma que protocolou junto à CBF no dia 14/04, isto é, 7 dias antes da final, as prorrogações de contrato dos referidos atletas. A CBF confirma a versão do Brasília, tendo inclusive encaminhado um ofício ao STJD dizendo que os contratos de todos os jogadores estavam em situação regular, sendo registrados no BID com data retroativa, devido à problemas em seu sistema de informática. O clube paraense, agarrado à possibilidade de se confirmar como campeão, acusa a CBF e o próprio Brasília de já terem confirmado anteriormente que os nomes dos jogadores não constavam registrados. E que o clube brasiliense, inclusive, apresentou somente agora uma documentação como prova de sua inocência, que segundo o Papão, não existia anteriormente.

Quem tem razão nisso tudo? Não sabemos ainda, mas talvez isso já seja irrelevante no ponto onde chegamos. Ainda não consegui decidir o que seria pior, levando em consideração todas as hipóteses: o Brasília ter, de fato, ciência de que os jogadores estavam em situação irregular, escalando-os para a partida mesmo assim; ou a CBF ter recebido a documentação, e além de não a ter registrado em tempo hábil, deixou de se comunicar com os clube e informar publicamente ao próprio STJD ou órgão competente, se este fosse o caso (o que é imperdoável, se tratando da entidade máxima do futebol no país). Sou sempre a favor da aplicação das regras, pois o regulamento geralmente é claro e está disponível para o conhecimento de todos. Mas é muito triste ver uma conquista tão bacana manchada, juntamente com a possibilidade de não ver mais o Brasília disputando o primeiro torneio internacional da história de um clube do DF.

Embora a regra deva ser aplicada, é lamentável que um título seja perdido – ou tomado – dessa forma, pela bagunça, desleixo, falta de comprometimento e incompetência de cartolas e outros elementos presentes na esfera esportiva. Patético o modo como clubes do porte de Fluminense, no ano passado, e o Paysandu agora, recorrem à articulações extracampo para camuflar seus fracassos. Ter o desprazer de ver os advogados dos clubes exercendo o protagonismo que deveria ser dos atletas é uma das coisas que me desestimula a acompanhar o futebol nacional. E o pior de tudo: ver os torcedores destes clubes comemorando, seja a permanência na série A, seja a ‘conquista’ de um título no ano de seu centenário – sendo derrotados na bola por um clube desconhecido, e perdendo o estadual para o maior rival – é de uma vergonha alheia indescritível. Certamente, um papelão que qualquer torcedor, ou clube de respeito, deveria se negar a prestar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 29 de julho de 2014 por em Opinião e marcado , , , , .

Siga-me no Twitter

Follow Análise FC on WordPress.com

Categorias

Arquivos

LinkLog

Estatísticas do blog

  • 3,116 visitas
GeraLinks
%d blogueiros gostam disto: